Pular para conteúdo Pular para barra lateral Pular para rodapé

Apesar das críticas, Fernando Diniz se esquiva sobre escalação e excesso de atacantes contra o Bahia

O Fluminense perdeu por 2 a 1 para o Bahia, nesta terça-feira, 16, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela segunda rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Após a partida, o técnico Fernando Diniz se esquivou das críticas sobre a escalação e do excesso de atacantes, sobretudo, no segundo tempo deixando o meio-campo exposto com as entradas de Douglas Costa, Isaac, John Kennedy e Kauã Elias.

“Para mim, futebol não é ter três jogadores específicos do meio. A gente sempre joga com muita gente no meio-campo, independentemente de quem joga. O (John) Kennedy voltou, ajudou. Trouxe possibilidade de ganhar profundidade e no cruzamento ter uma possibilidade de finalizar. Nunca pensei futebol assim. O time tem que saber ocupar o setor. Não tem a ver com o meio-campo”, disse.

Publicidade

As justificativas para as mudanças ficaram por conta do adversário e, principalmente, por resultados obtidos no passado. Segundo Fernando Diniz, colocar Douglas Costa, Isaac, John Kennedy e Kauã Elias nas vagas de Manoel, Germán Cano, Lima e Samuel Xavier, respectivamente, foi uma medida para tentar evitar que o time tricolor saísse da capital baiana com a derrota na bagagem.

“A lógica é melhorar o time. Foi assim que melhoramos para ganhar do Internacional (no Beira-Rio, na semifinal da Libertadores de 2023) e ganhar. Obviamente que, se a gente tivesse os jogadores da posição que eu achasse que fosse ficar melhor, eu os usaria. Não mexo para piorar o time. Se aquilo lá foi bom, porque hoje é motivo de questionamento? O cara que tá criticando hoje, tem que criticar contra o Inter e não ganharia a Libertadores”, finalizou o treinador tricolor.

Qual é o próximo adversário do Fluminense no Brasileirão?

A derrota deixa o Fluminense momentaneamente na 14ª posição da Série A do Campeonato Brasileiro. O time tricolor pode cair na tabela dependendo dos resultados dos jogos desta quarta-feira. A equipe comandada pelo técnico Fernando Diniz já retornou ao Rio de Janeiro e recebeu folga. Os jogadores, portanto, voltam as atividades nesta quinta-feira visando o duelo de sábado, contra o Vasco, no Maracanã.

Publicidade
plugins premium WordPress Copy Protected by Tech Tips's CopyProtect Wordpress Blogs.