Pular para conteúdo Pular para barra lateral Pular para rodapé

Após nova derrota e mau desempenho, Fernando Diniz admite mudanças: “Vamos reformular”

O técnico Fernando Diniz concedeu entrevista coletiva após a derrota por 1 a 0 para o Botafogo, na noite desta terça-feira (11), no Estádio Nilton Santos, em jogo válido pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. A sequência de maus resultados na competição mantém o Fluminense com o sinal de alerta ligado em relação a zona de rebaixamento. Aliado a isso, o baixo desempenho da equipe na temporada 2024 tem deixado o treinador tricolor preocupado.

Diniz reconheceu que o elenco está devendo um desempenho melhor nas partidas ao longo de todo ano, até aqui. O treinador recordou o futebol praticado pelo time em 2022 e em 2023 e prometeu uma reformulação para afastar a má fase da equipes. Ele, no entanto, não apontou se as mudanças serão na escalação ou na forma de jogar.

Publicidade
Siga a Agência RTI Esporte também no InstagramFacebook e Twitter.

“Vamos reformular de acordo com o melhor que a gente pode. Estamos longe de fazer aquilo que fazíamos em 2022 e 2023. Não está faltando trabalho de maneira nenhuma. Em momentos de baixa, temos que melhorar. Estamos devendo ao torcedor”, admitiu o comandante tricolor.

Em relação ao jogo, Fernando Diniz concordou que o Botafogo foi amplamente superior em, praticamente, toda a partida. Além disso, quando questionado sobre os setores do time que estão desempenhando abaixo do esperado, o treinador eximiu os jogadores de qualquer culpa e chamou a responsabilidade para si.

“A gente praticamente não teve chance de ganhar a partida. Só o Botafogo teve chance de ganhar a partida, do começo ao final do jogo, praticamente. Se tivesse que apontar para um, teria que apontar para mim, não apontar para o jogador. Eu que sou o treinador, mas se for para apontar um não é um setor, um ataque ou uma defesa, sou eu. Estou aqui há dois anos e pouco, e a gente tem que produzir mais”, declarou Diniz.

Você conhece o canal da Agência RTI Esporte no Youtube? Clique e se inscreva!

Por fim, o treinador do Fluminense falou sobre a necessidade de reforços para o elenco. Mesmo após a chegada do zagueiro Thiago Silva, Diniz deixou no ar a possibilidade de novas contratações. Por outro lado, ressaltou a importância dos jogadores que já estão no clube e a confiança de que eles podem fazer com que o time cresça nas competições.

“Elenco nunca tá fechado, mas o problema não é contratação. São jogadores que em 2022 jogaram muito bem, ficaram em terceiro, quase em segundo (no Campeonato Brasileiro). No ano passado ganharam dois títulos, já ganhou um título esse ano. São extremamente capazes de fazer e produzir mais. Acredito muito no que a gente tem aqui”, finalizou Fernando Diniz.

Situação no Campeonato Brasileiro

Com o resultado, o Fluminense segue na 16ª colocação – uma acima da zona de rebaixamento – com apenas seis pontos e pode terminar a rodada dentro do Z-4. Nesta quarta-feira (12), o elenco se reapresenta no CT Carlos Castilho, às 15:30h, e inicia a preparação para o jogo contra o Atlético-GO, sábado (15), às 21h, no Maracanã.

Publicidade
plugins premium WordPress Copy Protected by Tech Tips's CopyProtect Wordpress Blogs.