Pular para conteúdo Pular para barra lateral Pular para rodapé

Audiência pública em São Januário: entenda processo de revitalização do local

Às 19h dessa terça-feira (11), haverá a terceira e última audiência pública pela aprovação do projeto de lei que garante a possibilidade de reforma do estádio de São Januário. O evento será sediado no ginásio principal do Complexo Esportivo de São Januário. Além disso, terá entrada aberta ao público, além de contar com a presença de parlamentares e o presidente do clube associativo, Pedrinho.

O evento marca a última etapa com participação popular da longa tramitação pela aprovação do PL que garante a venda do potencial construtivo de São Januário para um terreno na Barra da Tijuca, bairro da zona oeste do Rio de Janeiro. O montante arrecadado com a venda, estimado a superar os R$500 milhões, será usado para custear a reforma.

Publicidade

As duas primeiras audiências foram bem sucedidas do ponto de vista da aceitação popular. A primeira foi sediada na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, já a segunda na Câmara Comunitária da Barra da Tijuca. A ideia do parlamento era que acontecesse uma audiência em cada “mando de campo”. Sendo uma no local interessado, uma no local afetado e uma no intermediário.

Você conhece o canal da Agência RTI Esporte no Youtube? Clique e se inscreva!

O projeto vem tendo alta aceitação pela câmara de vereadores do Rio de Janeiro e conta também com o apoio público do prefeito Eduardo Paes, que também vem facilitando a tramitação para um projeto similar envolvendo um dos rivais do Vasco: o Flamengo.

“Tem monte de vascaíno na Câmara. Eu estou pronto para ajudar o Vasco. E aí, independente se você torce ou não para o Vasco, o Vasco é um patrimônio do Rio de Janeiro, assim como todos os clubes grandes e pequenos da cidade. São Januário é muito importante para o Estado. Que o melhor estádio do Brasil fique ainda melhor.” disse Eduardo em vídeo publicado há alguns dias.

Por fim, após a audiência pública dessa terça-feira, restará a votação em segunda instância do projeto. Nesse ínterim, passando por aprovação, restará somente a sanção do prefeito Eduardo Paes, que desde o começo da tramitação deixou claro sua boa vontade no bom sucedimento dela.

Siga a Agência RTI Esporte também no InstagramFacebook e Twitter.

Contudo, a intenção é de que o projeto seja aprovado antes do dia 1° de julho, quando a Câmara Municipal entra em recesso. Por conta disso, tem sido feita muita pressão para que a tramitação caminhe o mais rápido possível. Assim, a aceleração já tem sido notável e surtido efeito. Portanto é válido estar otimista quanto ao início da reforma ainda em 2024, em caso de aprovação do projeto.

Publicidade
plugins premium WordPress Copy Protected by Tech Tips's CopyProtect Wordpress Blogs.