Pular para conteúdo Pular para barra lateral Pular para rodapé

Botafogo x Junior Barranquilla: saiba como foi o jogo da Libertadores

Na provável despedida de Fábio Matias e na estreia de Óscar Romero, o Botafogo sofreu uma derrota nesta quarta-feira, no Estádio Nilton Santos, iniciando sua jornada na fase de grupos da Copa Libertadores da América com um placar de 3 a 1 a favor do Junior Barranquilla.

Como foi o jogo entre Botafogo x Junior Barranquilla?

Carlos Bacca (marcando duas vezes, uma delas de pênalti) e Gabriel Fuentes encontraram brechas na defesa do Botafogo durante um primeiro tempo desafiador, conseguindo marcar gols no Rio de Janeiro. No final do primeiro tempo, Hugo fez o gol de honra para os alvinegros.

Publicidade

Na sua possível despedida do Botafogo – e sob o olhar do novo técnico Artur Jorge -, Fábio Matias realizou as substituições de Tchê Tchê e Luiz Henrique para mudar a cara do time no segundo tempo. Com essas mudanças, o Alvinegro ganhou em velocidade e se tornou mais presente na área do Junior.

O que inicialmente prometia ser um jogo dinâmico rapidamente se transformou em um confronto travado, marcado por faltas e reclamações direcionadas à arbitragem. Eduardo saiu de campo sob vaias, dando lugar a Jeffinho, que se destacou nos momentos de perigo para o Botafogo.

Aos 39 minutos, Marlon Freitas foi substituído por Óscar Romero, que fez sua estreia pelo Alvinegro. Em uma partida atípica na Libertadores de 2024, Júnior Santos não conseguiu balançar as redes e foi mais notado por suas faltas nos momentos finais do jogo.

FICHA DO JOGO 
BOTAFOGO 1 x 3 JUNIOR BARRANQUILLA – 1ª RODADA GRUPO D 

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ) 

Data e hora: 3 de abril de 2024, às 19h (de Brasília)

Gols: Bacca, 12’/1ºT (0-1); Fuentes, 27’/1ºT (0-2); Bacca, 40’/1ºT (0-3); Hugo, 44’/1ºT (1-3) 

BOTAFOGO: Gatito; Ponte, Barboza, Halter e Hugo; Freitas, Gregore (Tchê Tchê, Intervalo) e Eduardo (Jeffinho, 20’/2ºT); Júnior Santos, Savarino (Luiz Henrique, Intervalo) e Tiquinho. Técnico: Fábio Matias. 

JUNIOR BARRANQUILLA: Mele; Pacheco, Ceballos, Peña, Fuentes, Moreno; Cantillo (Bocanegra, 35’/2ºT) e Caicedo, Chará (Martínez, 35’/2ºT), Enamorado (Albornoz, 25’/2ºT) e Bacca (Pérez, 25’/2ºT). Técnico: Arturo Reyes. 

Árbitro: Cristián Garay (CHL) 

Auxiliares: Jose Retamal (CHL) e Miguel Rocha (CHL) 

VAR: Juan Lara (CHL) 

Cartão Amarelo: Pacheco, Ceballos (JUN); Tiquinho, Tchê Tchê, Júnior Santos (BOT)

Publicidade
plugins premium WordPress Copy Protected by Tech Tips's CopyProtect Wordpress Blogs.