Pular para conteúdo Pular para barra lateral Pular para rodapé

CBF: Quem é Rubens Lopes cotado para ser candidato a presidência?

Rubens Lopes da Costa Filho é um dos principais dirigentes do futebol brasileiro. Desde 2006 na presidência da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ), ele é conhecido por ser um dos maiores críticos da Confederação Brasileira (CBF).

Natural do Rio de Janeiro, Rubens Lopes tem 76 anos e foi presidente do Bangu Atlético Clube duas vezes: a primeira de 1989 a 1991 e a segunda de 2001 a 2022. Ele é cirurgião formado pela Escola de Medicina da UNIRIO. Além disso, foi médio-chefe em várias competições da Fifa.

Publicidade

Logo após deixar o Bangu, Rubens Lopes ingressou na FERJ como diretor de registros e, posteriormente, chegou a vice-presidência na gestão de Eduardo Vianna. Depois da morte do ‘Caixa D’Água’, ele assumiu o posto em agosto de 2006.

Discreto e aglutinador, Rubens Lopes derrotou Francisco Horta, ex-presidente do Fluminense, nas urnas e foi eleito com o apoio de Botafogo, Flamengo, Fluminense, Vasco e dos times pequenos do estado como America, Americano e Bangu.

Em 2008, sem o apoio de Flamengo e Fluminense, Rubens Lopes teve o mandato ampliado até o fim de 2014 em ração da organização da Copa do Mundo no Brasil, decisão que outras federações estaduais também adotaram. Desde então, não saiu mais da presidência.

Quem o cerca na FERJ diz que Rubens Lopes é uma pessoa de hábito simples, e que mantém a “porta aberta” do seu gabinete para diálogos com clubes, patrocinadores, colaboradores e funcionários da entidade. Não é à toa que tem grande admiração de todos que convivem com ele no dia a dia.

Rubens Lopes é bem visto na CBF?

Nos bastidores da CBF, Rubens Lopes é visto como um bom articulador por ter boa entrada em todas federações e relação amistosas com os principais clubes do futebol brasileiro. Há quem garanta que ele já poderia ter sido candidato em outras oportunidades.

Mas como a figura politica de Rubens Lopes cresceu? Em 2019, na gestão Rogério Caboclo, ele foi representante da CBF em diversos eventos da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), inclusive, no Congresso Técnico realizado num hotel na Barra da Tijuca.

Com isso., Rubens Lopes passou a representar a entidade com frequência e se aproximou do presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, com quem tem boa relação. Desde então, o Rio de Janeiro sediou duas finais da Copa Libertadores da América.

No cenário de momento, Rubens Lopes é visto como um dos favoritos para comandar a CBF. Rompido com Ednaldo Rodrigues desde o fim de 2023, Rubinho se antecipou a confusão que aconteceu na partida entre Brasil x Argentina pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo.

Na época, o presidente da FERJ apresentou os ofícios as autoridades alertando que não foi procurado por Ednaldo Rodrigues para ajudar na organização da partida e que toda responsabilidade, portanto, era da Confederação Brasileira de Futebol.

ASSISTA A ENTREVISTA DE NEY FRANCO NO RTI ESPORTE!

Publicidade
plugins premium WordPress Copy Protected by Tech Tips's CopyProtect Wordpress Blogs.