Pular para conteúdo Pular para barra lateral Pular para rodapé

Fluminense rescinde com Danielzinho, que acerta com time dos Emirados Árabes

O Fluminense acertou a rescisão de contrato com o meia-atacante Daniel Simões. O jogador estava emprestado ao Atlético-GO, que preferiu não continuar com ele para a sequência da Série A do Campeonato Brasileiro.

A Agência RTI Esporte apurou que Danielzinho acertou com o Dibba Al Hisn, dos Emirados Árabes. O contrato é válido até dezembro de 2026. O acordo prevê a extensão do vínculo por mais uma temporada.

Publicidade
Você conhece o canal da Agência RTI Esporte no Youtube? Clique e se inscreva!

A rescisão foi acertada antes da abertura da janela de transferências, para que o meio-campista pudesse ficar livre para cuidar da transferência. O jogador viajará nos próximos dias para realizar exames médicos e assinar contrato.

Com o acordo, o Fluminense diminuiu o gasto que teria com ele, uma vez que Danielzinho abriu mão de parte dos valores a que teria direito até o fim do contrato. Seu vínculo com o Tricolor das Laranjeiras terminava no fim da atual temporada.

Ainda segundo apurou a reportagem, Danielzinho, antes do acerto com o Dibba Al Hisn, recebeu ofertas de clubes da Segunda Divisão da Arábia Saudita e Catar. No entanto, ele acabou ficando sensibilizado com a projeto esportivo da equipe dos Emirados Árabes.

No atual elenco, o meio-campista ficou sem espaço com o técnico Fernando Diniz, que admitiu ao próprio jogador que ele não se encaixava no perfil da comissão técnica. Com isso, o clube acabou contratando Renato Augusto, ex-Corinthians, para disputar posição com Ganso.

Revelado pelas categorias de base do Fluminense em 2011, Danielzinho disputou 86 partidas, marcou dois gols e fez 12 assistências com a camisa tricolor. Ao longo da carreira, teve passagem sem brilho por Oeste-SP e Botafogo-SP.

Siga a Agência RTI Esporte também no InstagramFacebook e Twitter.

Viveu seu melhor momento no Bahia de 2020 a 2023, realizou 177 jogos, balançou as redes inimigas 11 vezes e fez 17 assistências. Por lá, venceu a Copa do Nordeste (2021) e o Campeonato Baiano (2020 e 2023).

Pelo Fluminense, fez parte do elenco que conquistou a Copa Libertadores da América (2023) e a Copa da Primeira Liga (2016). Na base, faturou o caneco do Campeonato Brasileiro Sub-20 (2015). Já pelo Atlético-GO, foi destaque do time que levantou a taça do Campeonato Goiano (2024).

Publicidade
plugins premium WordPress Copy Protected by Tech Tips's CopyProtect Wordpress Blogs.