Pular para conteúdo Pular para barra lateral Pular para rodapé

Nova Iguaçu vence o Vasco e está na final do Campeonato Carioca

Antes de mais nada o Nova Iguaçu está classificado para a final do Campeonato Carioca. Contudo, o time venceu o Vasco por 1×0 com gol de Bill. E agora enfrentará o Flamengo em dois jogos decisivos nos dias 30 de março e 7 de abril. Nova Iguaçu fizerem um jogo muito movimentado na tarde deste domingo(17), no Maracanã de baixo de uma sensação térmica que ultrapassou os 60 graus.

Até por isso, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro divulgou nota momentos antes da partida informando que o confronto teria duas paradas técnicas no primeiro tempo (aos 15 e aos 30 minutos), e uma na segunda etapa (a partir dos 20 minutos). Dentro do Maracanã, os telões também informaram sobre pontos de hidratação para os torcedores.

Publicidade

O primeiro tempo começou com o Vasco da Gama buscando o ataque e logo conseguiu alguns chutes de fora da área com Dimitri Payet e Galdames. Ambos as tentativas pararam no goleiro Fabrício Santana.

Com a vantagem do empate, o Nova Iguaçu explorou os contra-ataques e as bolas na áreas. Assim como na semana passada, o time da Baixada Fluminense soube usar bem a posse de bola, trabalhando bem as jogadas ofensivas com Xandinho, Yago e Carlinhos.

O primeiro tempo terminou com cinco finalizações para cada lado, poucas defesas difíceis e o empate em 0x0. O detalhe é que as equipes não mexeram no intervalor e logo aos quatro minutos do segundo tempo, o lateral-esquerdo Lucas Piton fez grande jogada com Dimitri Payet que rolou para Galdames. O chute foi perigoso e passo perto do gol do Nova Iguaçu.

Segundo tempo

Mesmo com a vantagem, o Nova Iguaçu não se retraiu e continuou buscando o ataque com Bill, Carlinhos, Yago e Xandinho. Sentindo a parte física e a falta de resposta em campo, o técnico Ramón Díaz fez as primeiras mexidas na equipe com Paulo Henrique e David nas vagas de Galdames e Roberto Rojas.

As mudanças não surtiram efeito, e o Vasco viu o Nova Iguaçu crescer em campo. O grande lance do segundo tempo, até então, aconteceu aos 16 minutos. Depois de cobrança de escanteio Xandinho chutou e a bola explodiu em Lucas Piton. A arbitragem marcou toque de mão dentro da área. Depois de recorrer ao VAR, o pênalti foi anulado.

Com a torcida na bronca, o técnico Ramón Díaz sacou o volante Praxedes para a entrada de Sforza. O detalhe é que o jogador deixou o campo de jogo muito vaiado pelo torcedor vascaíno.

Mas a pressão no time da Baixada Fluminense surtiu efeito. Aos 29 minutos Bill recebeu dentro da área um passe açucarado do atacante Carlinhos. O jogador bateu bem de pé direito no canto esquerdo do goleiro Léo Jardim. A bola ainda tocou na trave antes de entrar.

Depois do gol, o técnico Ramón Díaz sacou Adson e Medel, e colocou Zé Gabriel e Clayton. O Nova Iguaçu só mexeu aos 33 minutos sacando Yago Ferreira e Xandinho para as entradas de Alegria e João Victor. Com a derrota no placar o Vasco aumentou a pressão mas seguiu esbarrando no goleiro Fabrício Santana.

O Nova Iguaçu terá os próximos dias livres para treinamentos, para o primeiro jogo da final do Campeonato Carioca, diante do Flamengo. Essa é a primeira vez da equipe na decisão do Carioca. Já o Vasco, só volta a jogar na estreia do Campeonato Brasileiro.

Leia mais: Vasco: Relembre 10 jogadores que não deixaram saudades na torcida
Publicidade
plugins premium WordPress Copy Protected by Tech Tips's CopyProtect Wordpress Blogs.