Pular para conteúdo Pular para barra lateral Pular para rodapé

Pedrinho faz balanço dos 60 dias de gestão e confirma nome de Paulo Salomão para conselho do futebol

Com 60 dias de gestão do Vasco da Gama, Pedrinho convocou a imprensa para esclarecer alguns pontos que vem tratando desde que sentou na cadeira de presidente do clube. Com o futebol sendo gerido pela 777 Partners, o clube associativo tem 30% das ações, que dão direito a duas cadeiras no conselho do futebol.

Uma das cadeiras é garantida ao presidente Pedrinho. Para a outra vaga, o mandatário confirmou a indicação seu vice-presidente Paulo Salomão. Vale lembrar que o clube tem direito ao voto, mas dificilmente decidirá o futuro do futebol dentro do conselho.

Publicidade

Esse é um dos principais pontos de discordância de Pedrinho com a SAF. Isso porque, o presidente tem reclamado da falta de prestígio. Nesse meio tempo chegou a surgir informações que Pedrinho nem mesmo poderia frequentar o centro de treinamento do clube, algo que foi negado por ele. Enquanto isso, o ex-jogador tem se dedicado para fazer com que as áreas que são da sua competência voltem a funcionar.

Falta de dialogo com a SAF

“Eu não posso, por mais que eu seja sócio minoritário, obrigar alguém a nada. Não estou incomodado que não estou participando do futebol, estou incomodado que poderia estar ajudando. Se eu tenho um sócio, que quis contratar lá atrás, e esportivamente não estou desempenhando, seria natural que eu tivesse uma conversa em relação a isso”, disse Pedrinho que seguiu relatando a falta de comunicação da SAF com São Januário.

“Conversa não é mensagem faltando 15 minutos para comunicar. Faz parte de um planejamento. Isso não aconteceu. Respeito, mas não concordo. Não fiz parte de contratações, dispensas e tudo. Não estou fugindo de responsabilidades, se eu saí de onde saí, sabia das responsabilidades. Infelizmente, não participo dos processos. Mas gostaria de ser cobrado pelo o que eu participo”, afirmou o presidente.

O presidente afirmou que, nesse meio tempo, está em contato com construtoras e empresas que tem interesse em comprar o potencial construtivo de São Januário. Além disso, ele afirmou que vem cobrando a câmara dos vereadores do Rio de Janeiro para que o processo seja agilizado dentro da casa.

Quem será o diretor de futebol do Vasco?

 

Publicidade
plugins premium WordPress Copy Protected by Tech Tips's CopyProtect Wordpress Blogs.