Pular para conteúdo Pular para barra lateral Pular para rodapé

Ramón Díaz quer participar das escolhas dos nomes para reforçar elenco do Vasco

O técnico Ramón Díaz e sua comissão já acertaram a extensão do contrato com o Vasco. Agora, a duração vai até dezembro de 2025 e não mais até o fim de 2024. Entretanto, um pedido foi feito durante a reunião e o treinador pediu para ser participativo nas negociações.

Essa não é uma situação nova para Ramón Díaz. Isso porque, ele também teve participação ativa na formação do elenco do Al Hilal, da Arábia Saudita, seu antigo clube. No Oriente Médio, por exemplo, ele tinha autonomia para contratar e vender jogadores.

Publicidade

Quando chegou ao Vasco com sua comissão, o técnico e seu filho, o auxiliar técnico Emiliano Díaz, chegaram a ligar para alguns atletas, diretamente, e conseguiram fazer algumas dessas negociações. Essa iniciativa fez com que a SAF Vasco mudasse também seu olhar no mercado da bola.

No início do ano, alguns jogadores, não chamaram atenção pela idade, já na janela de meio do ano, o clube trouxe alguns jogadores mais experientes. O zagueiro Maicon, o volante Gary Medel e o atacante Pablo Vegetti são exemplos dessa mudança de perfil.

Por isso mesmo, o treinador argentino quer fazer parte dessas escolhas. Ramón Díaz e Alexandre Mattos, diretor executivo de futebol do clube, vão se reunir antes do começo da pré-temporada para avaliar alguns nomes. O Vasso quer tratar sobre algumas renovações de jogadores para 2024.

Dentro desse processo, Ramón Díaz definiu que não pretende contar com o goleiro Iván Quaresma, o zagueiro Robson Bambu e o atacante Sebastián Ferreira. Eles não terão o empréstimo renovado junto a Corinthians, Nice e Houston Dynamo.

Luca Orellano tem futuro indefinido

O atacante Luca Orellano também está com os dias contatos no Vasco. Ramón Díaz não parece disposto a mantê-lo no clube em 2024. Isso porque, o atacante deseja regressar ao futebol argentino por causa de problemas familiares. Boca Juniors, Racing Club e Vélez Sarsfield têm interesse em contratá-lo.

O Vasco, entretanto, só irá liberar caso receba uma proposta pata negociá-lo em definitivo. A princípio, a diretoria quer reaver parte do dinheiro investido na contratação do argentino. Em 2023, o Vasco pagou US$ 3 milhões (cerca de R$ 15,8 milhões, à época) por 60% dos direitos econômicos do jogador.

ASSISTA A ENTREVISTA DE DIOGO SISTON NO RTI ESPORTE!

Publicidade
plugins premium WordPress Copy Protected by Tech Tips's CopyProtect Wordpress Blogs.