Pular para conteúdo Pular para barra lateral Pular para rodapé

SeleVasco? Saiba qual seria a escalação do time só com jogadores revelados ao lado de Philippe Coutinho

Philippe Coutinho está perto de retornar ao Vasco. Ele retornará ao Estádio de  São Januário 14 anos depois de sua saída para a Internazionale, que deu o pontapé inicial da sua trajetória no futebol europeu. Nessa projeção do retorno de um cria da base vascaína, a Agência RTI Esporte escalou o time ideal somente com jogadores revelados pelo clube e ainda em atividade.

Você conhece o canal da Agência RTI Esporte no Youtube? Clique e se inscreva!

Como ficaria esse time? A escalação ficaria com Jordi; Nathan, Luan, Douglas e Diogo Barbosa; Allan, Douglas Luiz, Philippe Coutinho e Alex Teixeira; Paulinho e Alan Kardec. Outros nomes como Souza, Danilo Barbosa, Evander, Marrony e Renato Kayzer poderiam estar nesse time, mas por opção, os deixamos de fora. Como está cada um deles? Confira abaixo!

Publicidade
Siga a Agência RTI Esporte também no InstagramFacebook e Twitter.
Jordi

Jordi atualmente defende as cores do Grêmio Novorizontino. Após um começo interessante no Vasco, acabaria tomando rumos de carreira que o tiraram dos grandes holofotes e hoje defende uma equipe modesta no cenário nacional. Aos 30 anos de idade, o goleiro vive um momento estável na equipe paulista.

Nathan

O lateral-direito Nathan atualmente defende as cores do Famalicão, de Portugal, atualmente. Aos 22 anos, o jogador já teve sua experiência no futebol português pelo Boavista anteriormente. Num breve retorno ao Brasil entre 2022 e 2023, teve passagem sem brilho pelo Santos, fazendo parte da campanha do rebaixamento inédito da equipe santista. Com isso, foi emprestado para o Famalicão, clube que defende aos 22 anos.

Luan

Revelado pelas categorias de base do clube em 2013, Luan chegou a fazer parte do elenco que foi bi-campeonato Carioca em 2015 e 2016. Pelo Palmeiras, clube que defende desde 2017, foi tri-campeão Brasileiro, tetra-campeão Paulista, bi-campeão da Libertadores, campeão da Copa do Brasil, da Recopa Sul-Americana e da Supercopa do Brasil. Além disso, integrou que venceu para o Brasil a inédita medalha de ouro nas Olimpíadas de 2016.

Douglas

O segundo zagueiro dessa seleção hipotética seria Douglas, atualmente com 34 anos e defendendo as cores do Guarani. Douglas chegou a jogar junto com Philippe Coutinho no futsal, porém daria seguimento na sua carreira de base pelo Juventude, do Rio Grande do Sul.

Pelo mesmo Juventude, se tornaria profissional em 2008, mas voltaria a encontrar o caminho do Vasco em 2010. Esteve no clube até 2012, fazendo parte da conquista da Copa do Brasil, até que rumou ao futebol ucraniano. Na reta final de sua carreira foi primariamente composta por clubes de menor expressão no cenário nacional.

Diogo Barbosa

Diogo Barbosa está com 31 anos de idade e atualmente defende as cores de um dos rivais do Vasco, o Fluminense. Pelo tricolor, foi parte do elenco campeão da Copa Libertadores da América no ano passado. Ele chegou a defender o Vasco nas categorias de base, subindo ao profissional em 2010.

Ficaria apenas uma temporada na colina, disputando somente 5 jogos. Transferiu-se ao Sport e passou por mais 6 clubes até chegar ao Palmeiras, onde viveu seu auge técnico de 2018 a 2020. Ainda passaria pelo Grêmio de 2020 a 2023, fazendo parte da campanha do rebaixamento tricolor em 2021. Desde 2023 defende o rival de Laranjeiras.

Allan

Aos 33 anos, Allan atualmente defende o Al-Wahda, dos Emirados Árabes. O volante foi revelado pelas categorias de base do Vasco em 2009, tendo ficado no clube por três anos, até 2012, fazendo parte do elenco vencedor da Copa do Brasil em 2011.

Se transferiu para a Udinese, por onde ficaria por outros três anos, até que decidiu ir à Napoli. Pelo clube de Nápoles, viveu seu auge técnico e  conseguiu ser valorizado. Em 2020, se transferiu para o Everton, por onde ficou dois anos antes de ir jogar no Oriente Médio. O meio-campista tem pré-contrato assinado com o Botafogo.

Douglas Luiz

Antes de tudo, é o jogador mais bem-sucedido dessa seleção hipotética se desconsiderado o craque dela, Philippe Coutinho, Douglas está com 26 anos e vive seu melhor momento técnico e físico na carreira até então. Desde 2019 defende o Aston Villa, clube da Premier League.

Revelado pelo Vasco em 2016, o volante passou por Manchester City e Girona antes de encontrar sua melhor forma no clube de Birmingham. Faz parte do ciclo de Seleção Brasileira, tendo sido inclusive convocado para a disputa da Copa América de 2024.

Philippe Coutinho

A grande estrela dessa seleção, Philippe Coutinho Coutinho é quem certamente teve a carreira mais estrelada de todos os citados aqui. Revelado pelo Vasco em 2009, o craque fez sólida carreira na Europa com passagens em quatro das consideradas cinco grandes ligas.

Na Seleção Brasileira, também firmou boa trajetória, disputando mais de 60 partidas e marcando mais de 20 gols. Disputou a Copa do Mundo de 2018 pela Seleção Brasileira, sendo um dos titulares e destaques técnicos do time na disputa do torneio.

Alex Teixeira

Talvez um nome questionado por alguns torcedores do Vasco devido ao seu aparente insucesso no seu retorno, Alex Teixeira ainda sim deve ser considerado como um dos mais talentosos crias do Vasco da Gama ainda em atividade.

Revelado pelo Vasco em 2007, Alex Teixeira ficaria no clube até 2010 antes de se transferir ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Ficaria no futebol local até 2016, quando se mudou ao Jiangsu Suning, da China. Após quatro anos por lá, se juntou ao Besiktas, pode onde ficou somente uma temporada até se juntar ao Vasco em 2022.

Chegando em meio a uma disputa de Série B, Alex Teixeira disputaria 50 jogos e marcaria 6 gols, ajudando no retorno à elite e na permanência sofrida em 2023. Depois disso, foi dispensado pela diretoria vascaína. Após três meses livre no mercado da bola. ele acertou com o Goiás.

Paulinho

Atualmente com apenas 23 anos e defendendo as cores do Atlético-MG, Paulinho foi revelado pelo Vasco em 2017. Com apenas 17 anos, estreou profissionalmente e quebrou diversos recordes pela pouca idade. Afinal, foi um dos mais jovens marcadores de gol da história do clube.

Em 2018, rumou ao Bayer Leverkusen, da Alemanha. Apesar da grande expectativa, teve seu desempenho abreviado pelas lesões e não chegou a disputar 100 partidas em cinco anos de clube. Desde 2023, defende as cores do Atlético-MG, clube pelo qual disputou o maior número de partidas e marcou mais gols em sua carreira.

Alan Kardec

Não menos importante do que qualquer um dos citados, Alan Kardec teve bonita história no Vasco. Revelado em 2007, Alan fez um bom começo de carreira pelo Vasco. Foram 90 jogos e mais de 20 gols. Rumaria ao Internacional antes de se juntar ao Benfica de Portugal.

Em 2011, retornaria ao Brasil para defender o Santos e em 2013 para defender o Palmeiras. Em 2014, passou pelo São Paulo, até que se transferiu para o Chongqing Lifan, da China. Ficaria até 2021 no futebol chinês antes de se juntar ao Atlético-MG em 2022. Desde 2023, é companheiro de time de Paulinho no Galo.

Publicidade
plugins premium WordPress Copy Protected by Tech Tips's CopyProtect Wordpress Blogs.