Pular para conteúdo Pular para barra lateral Pular para rodapé

Vasco: Rafael Paiva mostra que a solução para a crise passa pela base

A vitória do Vasco por 4 a 1, de virada diante do São Paulo, na noite do último sábado(22), não apenas serviu para tirar o time da zona do rebaixamento, mas também para dar um alívio e um sopro de esperança para a torcida na sequência da competição. O detalhe é que o técnico interino Rafael Paiva mais uma vez foi acionado para apagar um incêndio e foi bem.

O treinador de 39 anos, que comanda o sub-20 do Vasco da Gama foi chamado na última sexta-feira(21), para comandar mais uma vez o treinamento do elenco profissional no centro de treinamento Moacyr Barbosa, e após a atividade foi comunicado pelo presidente Pedrinho que ele seria o responsável na beira do gramado diante do São Paulo.

Publicidade

Sem tempo para montar o time, o treinador teve apenas a oratória para mostrar ao grupo como o time deveria se comportar em campo. Além disso, sacou nomes que não vinham funcionando e bancou meninos como Guilherme Estrella, que marcou um golaço.

Siga a Agência RTI Esporte também no InstagramFacebook e Twitter.

Com 19 anos, Guilherme Estrella chegou no Vasco para atuar no sub11 e sempre foi visto como grande talento no clube. O jogador tem seu nome pedido no time profissional com frequência. Outro que foi bem foi o lateral Leandrinho, que marcou o terceiro gol da vitória por 4 a 1.

A Agência RTI Esporte apurou que a personalidade do treinador vem chamando atenção do presidente Pedrinho desde que o mandatário passou a administrar o futebol. Vale lembrar que Rafael Paiva está em sua segunda passagem pelo clube, ele chegou no começo do ano para comandar o Sub20. Nesse meio tempo foi convocado para dirigir o profissional em cinco partidas, somando 2 vitórias, um empate e uma derrota.

Nesse momento, Pedrinho não pensa em efetivar Rafael Paiva como técnico do Vasco. Por outro lado, a segurança do treinador nos jogos mostrou para o presidente que não é necessário agir no impulso para contratar um novo técnico. O Vasco visita o Bahia na próxima quarta-feira(26), e o treinador já foi avisado que tem grandes chances de comandar a equipe novamente.

Além disso, Rafael Paiva vem tendo o nome avaliado e pode ser convidado para integrar a comissão técnica permanente do clube. Internamente o departamento de futebol do Vasco da Gama, que é comandado por Felipe Loureiro desde a saída do diretor executivo Pedro Martins, entende que é necessário montar um grupo forte com profissionais que tenham conhecimento do clube.

Você conhece o canal da Agência RTI Esporte no Youtube? Clique e se inscreva!

“Estou sempre estou disposto para ajudar o Vasco. A gente é sempre taxado como treinador de base. Futebol é tudo igual, e quando eu fui subindo sempre fui questionado. E futebol é ser capaz de atacar, defender independente da categoria.

Essa decisão não sou eu que tomo, mas eu agradeço muito ao Vasco e sempre que pedir estarei aqui para ajudar”, disse Rafael Paiva sobre a chance de ser efetivado como técnico do time profissional.

O que se pensa é que o time não pode ficar refém de ideias a cada troca de técnico. O pensamento é tirar o peso de comissões técnicas externas, e assim diminuir o número de profissionais que chegam com o treinador.

Felipe Loureiro tem conversado com o presidente do Vasco da Gama para que o clube tenha pelo menos um auxiliar técnico, um preparador físico e um treinador de goleiros trabalhando permanentemente na comissão profissional independente dos profissionais trazidos pelo técnico contratado.

 

Publicidade
plugins premium WordPress Copy Protected by Tech Tips's CopyProtect Wordpress Blogs.