Pular para conteúdo Pular para barra lateral Pular para rodapé

Vasco: Relembre 10 jogadores estrangeiros que não deixaram saudades na torcida

Quando o torcedor do Vasco da Gama escuta que o time do coração está buscando um jogador estrangeiro para reforçar o elenco, normalmente a primeira reação é de euforia. O detalhe é que muitas vezes o resultado pode ser pior que o esperado. Isso porque, estrangeiro nem sempre é sinônimo de qualidade.

Aliás, a lista de nomes que desembarcaram no Brasil e não deram certo é muito grande e o Vasco não fica fora desses clubes que fizeram apostas que fracassaram. Desse jeito, a Agência RTI Esporte preparou uma lista com o Top-10 dos jogadores estrangeiros que não deixaram saudades na torcida do Gigante da Colina.

Publicidade
#1 Matías Abelairas

O meio-campo Matías Abelairas acertou com o Vasco da Gama em 2012. Vale lembrar que o argentino chegou como grande contratação vindo do River Plate. O detalhe é que a sua passagem foi resumida em apenas 4 jogos. Desse jeito, é possível afirmar que muitos vascaínos nem se quer se recordam da passagem meteórica de Abelairas pelo Gigante da Colina.

#2 Leandro Chaparro

Leandro Chaparro foi outro argentino que chegou no Vasco com grande expectativa por parte da torcida. Isso porque, o meio-campo revelado pelo San Lorenzo e com passagens pelas categorias de base da argentina vivia bom momento. Mas vale lembrar que pelo Vasco entre 2011 e 2012 ele fez apenas 10 jogos e deixou o clube sem marcar o seu nome no coração da torcida.

#3 Santiago Montoya

A negociação de Santiago Montoya com o Vasco da Gama foi uma verdadeira novela que se estendeu por muitos meses em 2013 quando o jogador desembarcou no clube. Montoya chegou do All Boys envolto em muita expectativa, mas acabou não tendo uma boa passagem pelo Gigante da Colina. Em três temporada no clube, Montoya fez 50 jogos e marcou apenas 4 gols.

#4 Eduardo Aranda

O paraguaio Eduardo Aranda foi contratado no final de 2013 junto com o compatriota Martin Silva. O detalhe é que o goleiro teve grande destaque e defendeu o Vasco por algumas temporadas, já Aranda foi muito mal e ficou apenas durante o ano de 2014. Pelo clube, foram 39 jogos e uma assistência.

#5 Emiliano Dudar

O zagueiro argentino não começou mal, mas com o decorrer do tempo acabou cometendo erros graves que acabaram encurtando a sua passagem pelo Vasco. Vale lembrar que Dudar chegou em 2006 e deixou o Gigante da Colina durante a temporada de 2007, nesse meio tempo ele fez 34 partidas antes de se despedir de São Januário.

#6 Julio Irrazábal

O paraguaio foi contratado em 2010 como a solução para os problemas da lateral-direita. Mas a verdade é que em um ano e meio ele entrou em campo apenas 13 vezes. A pesar de ter feito parte do grupo que venceu a Copa do Brasil de 2011, o jogador passou pelo Vasco da Gama sem deixar saudades.

#7 José Dominguez

Antes de mais nada é preciso reconhecer que Dominguez empolgou o torcedor em seus primeiros jogos pelo Vasco. Vale lembrar que o português que teve passagens pelo Benfica e Sporting de Portugal, além do Tottenham na Inglaterra chegou em 2005, vindo do Al Ahli do Catar. O detalhe é que o jogador sofreu com muitas lesões, fez apenas 11 jogos pelo Vasco e acabou optando pela aposentadoria.

#8 Felipe Seymour

A contratação de Felipe Seymour sempre foi difícil de explicar, afinal de contas o jogador chegou em 2015 emprestado pelo Cruzeiro. O detalhe é que ele não apresentava números que pudessem empolgar o torcedor vascaíno. A passagem do chileno se resumiu a uma única partida, na derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG quando o jogador atuou por apenas 33 minutos.

#9 Zeljko Tadic

Zeljko Tadic, ou simplesmente “o amigo do Petckvic”, foi contratado em 2004 junto com o colega que chegou para a sua segunda passagem pelo clube. O detalhe é que o goleiro fez apenas 7 partidas pelo Vasco e levou 14 gols. Com isso, ele acumulou uma média de dois gols por jogo. Esses números fazem a torcida do Vasco ter calafrios até hoje, toda vez que nome Zeljko Tadic é pronunciado.

#10 Pedro Vera

Na verdade, o torcedor do Vasco não pode reclamar de Pedro Vera, até porque o paraguaio nunca entrou em campo pela equipe principal. A verdade é que Pedro chegou no clube com idade Sub-23 contratado junto ao 12 de Octubre, do Paraguai. Nesse interim, ele fez apenas um jogo pelo Sub-23 em 2009, e no mesmo ano se transferiu para o Olímpia, do Paraguai.

ASSISTA A ENTREVISTA DE ALEXANDRE TORRES NO RTI ESPORTE!

Publicidade
plugins premium WordPress Copy Protected by Tech Tips's CopyProtect Wordpress Blogs.