Pular para conteúdo Pular para barra lateral Pular para rodapé

Botafogo retoma conversas com Santos para compra de Joaquim e contrato de três anos

Antes de mais nada, Botafogo e Santos retomaram conversas sobre o zagueiro Joaquim. O jogador de 25 anos é um sonho antigo do Glorioso que tentou contratá-lo no começo da temporada, mas a diretoria do clube paulista recusou a possibilidade.

A Agência RTI Esporte apurou que John Textor, acionista majoritário do futebol alvinegro, apresentou proposta para a compra de 80% dos direitos econômicos do jogador. O Cuiabá, antigo clube do zagueiro, terá direito a 20% da transação.

Publicidade
Você conhece o canal da Agência RTI Esporte no Youtube? Clique e se inscreva!

As negociações estão num estágio avançado, mas as partes ainda alinham detalhes para finalizar a operação. Isso porque o presidente do Santos, Marcelo Teixeira, não abre mão de receber o dinheiro à vista. Afinal, o clube depende desse montante para manter a casa em dia.

Em abril, no fim da janela de transferências doméstica, o Botafogo procurou o Santos para contratar Joaquim por 10 milhões de euros (R$ 56 milhões). No entanto, o Peixe recusou a oferta porque desejava negociar o defensor com algum clube do exterior.

Em fevereiro de 2023, por exemplo, o Santos empenhou 3 milhões de euros (R$ 16,7 milhões, à época) para contratá-lo junto ao Cuiabá. Agora, Marcelo Teixeira já admite facilitar a saída do atleta que é titular no time comandado pelo técnico Fábio Carille.

Ainda segundo apurou a reportagem, Joaquim recebeu uma proposta para defender o Lokomotiv, da Rússia. O clube do Leste Europeu ofereceu 5,5 milhões de euros (R$ 30,8 milhões) para contratar o jogador. O contato foi feito por representantes do clube russo a Luís Carvalho, empresário do jogador, há duas semanas.

Siga a Agência RTI Esporte também no InstagramFacebook e Twitter.

Porém, a modalidade de acordo apresentada pelo Lokomotiv não agradou a diretoria alvinegra. Isso porque o Lokomotiv desejava pagar 2,5 milhões de euros (R$ 14 milhões), no ato da assinatura do contrato, em julho. O restante seria quitado em três parcelas de 1 milhão de euros (R$ 5,6 milhões) em julho de 2025, 2026 e 2027.

O Botafogo, por sua vez, sinaliza com o pagamento à vista. O tempo de contrato ofertado ao jogador é válido até dezembro de 2027. Joaquim tem contrato com o Santos até dezembro de 2026. Nesta temporada, o zagueiro disputou 22 partidas. Nesse ínterim, marcou dois gols e totalizou 1915 minutos em campo com a camisa santista.

Publicidade
plugins premium WordPress Copy Protected by Tech Tips's CopyProtect Wordpress Blogs.